Lua Vazia - UOL Blog

Lua Vazia


24/09/2005


Pedaço

 

 

 

O que vejo no espelho

é um pedaço

eu em retalho

reflexo

quase não reconheço

Ao longo do percurso

corpo no aquecimento

cada ponto

deixei um bocado

Distribuido na pressa

fantasias e malícias

sonâmbulas

sementes não despertas

 

 

Zeca Pestana

 

Escrito por Zeca Pestana às 23h11
[ ] [ envie esta mensagem ]

18/09/2005


Noite

 

 

 

Nas primeiras horas

noite insone

percebo

o quanto de inutilidade

conselhos e ditames

ao redor

Segundas intenções que dizem

por onde seguir

Sou e Estou

própria luz inspiração

decido

por onde ir

 

 

Zeca Pestana

 

 

Escrito por Zeca Pestana às 21h02
[ ] [ envie esta mensagem ]

11/09/2005


Minuto

 

 

 

Num minuto

afago

Num minuto

agrido

Num minuto

desejo e exibo

Num minuto

escondo e repudio

Num minuto

prevejo

Num minuto

minto

Sabe-se lá em qual

verdade

num minuto

me recolho

 

 

Zeca Pestana

 

 

Escrito por Zeca Pestana às 00h31
[ ] [ envie esta mensagem ]

03/09/2005


Volúpia

 

 

 

À flor da carne

de mente e hormonal

submissão

quem trai quem

prisioneiro

Na fadiga dos princípios

o toque dos dedos

tateia e descobre vórtices

volúpia em sentido

erupção

 

 

Zeca Pestana

 

 

Escrito por Zeca Pestana às 23h12
[ ] [ envie esta mensagem ]
Busca na Web: