Lua Vazia - UOL Blog

Lua Vazia


23/09/2006


Passagem

 

 

 

Cruzarei as terras imaginárias

na calma das contas de um rosário

rodear velhas lendas

a veleidade do ideal amor

Viver ou fenecer

flor da pele

despetalar

Bem-Me-Quer

quem me quer

aproveite

Mal-Me-Quer

quem não quer

dê passagem

 

 

Zeca Pestana

 

 

Escrito por Zeca Pestana às 19h35
[ ] [ envie esta mensagem ]

16/09/2006


Testemunha

 

 

 

Frio de uma tarde no fim

estranha inundação dos afetos

umidade nos humores

a chuva lavou

Os passos rápidos vão em destino

nome e sobrenome apagou

Só restou a fotografia

e uma distraída testemunha

entristecida se calou dividida

parapeito

um suspiro

embaçando quietamente a partida

 

 

Zeca Pestana

 

 

Escrito por Zeca Pestana às 16h03
[ ] [ envie esta mensagem ]

09/09/2006


Rubor

 

 

 

A superfície em rubor

nuance da cor envergonhada

tinge o rosto

tez rubi

Um calor num fulgor

ingênuo alíbi

o instante esmaece

 

 

Zeca Pestana

 

 

Escrito por Zeca Pestana às 23h10
[ ] [ envie esta mensagem ]

02/09/2006


Lascívia

 

 

 

Instigar com volúpia da língua

vertente dos prazeres

a saliva quente

sacia

sede à míngua

Do circundar de um beijo

tátil viagem no escuro

penetrando nos desejos rasos

ancorados em lábios salvos

afogados na lascívia

 

 

Zeca Pestana

 

 

Escrito por Zeca Pestana às 23h12
[ ] [ envie esta mensagem ]
Busca na Web: