Lua Vazia - UOL Blog

Lua Vazia


29/04/2007


Sereno

 

 

 

Orvalho que repousa na manhã

olhar adiamantado

o pranto frio

me vê nu

 

Na pureza da transparência

transpira as ações

o poro aberto

revejo em mim o sereno

 

 

Zeca Pestana

 

 

Escrito por Zeca Pestana às 21h07
[ ] [ envie esta mensagem ]

20/04/2007


Delicadeza

 

 

 

Isolada no mundo sem cores

uma surpresa da beleza

em outonal mutação

as horas breves

Cuidei de ti

te vi nascer

a maestrina floral

sinfonia solta no éter

uma aparecida borboleta

delicadeza ao bel-prazer do azul

 

 

Zeca Pestana

 

Escrito por Zeca Pestana às 13h12
[ ] [ envie esta mensagem ]

12/04/2007


Voal

 

 

 

Arrepios

ventos uivos

o som do infinito

arrastam superstições

o enigma visto por dentro

no esvoaçar da cortina de voal

 

 

Zeca Pestana

 

 

Escrito por Zeca Pestana às 23h12
[ ] [ envie esta mensagem ]

05/04/2007


Fome

 

 

 

Não se surpreenda

quando salivar ao declamar

que a minha fome simples

sacia na fatia

o sabor do pão quente

 

 

Zeca Pestana

 

Acesse a mensagem de Páscoa

 

Escrito por Zeca Pestana às 22h29
[ ] [ envie esta mensagem ]
Busca na Web: